19.12.10



(...)

Não desgrudo os olhos de você,
Sempre foi assim, mesmo antes de eu te ver
De saber que você existia
Baby, você se move e eu sorrio...
Como pensar que estivemos por 978 dias caminhando na mesma cidade
E numa noite que eu não lembro porque, caminhei e te achei
Tento encontrar coincidências , pequenas coisas me soam como sinais
Nossas letras comuns nos nomes
A tatuagem de A que carrego no meu braço esquerdo
O gato preto que você imprimiu na sua pele, “gato preto” que eu canto
Uma vez li no mapa astral que me encantaria por alguém de capricórnio
Que são encabulados e extremamente sexys.
Você é capricórnio ¿
É uma história inexistente, nem sou aquele que você procurava
E talvez já chego tarde.
Nem importa, vai que guardei algo que nem darei, mas é algo seu...
Só porque te vi e sei que este é seu...
Não tem que haver razão, não tem que haver início, meio e conclusão...
Vi em você alguma coisa que só me fez sentir...
Fica assim...

21 comentários:

Anônimo disse...

Pois é, qum já não curtiu um negócio assim sem explicação e sem retorno, só de ficar sentindo e isso basta...

Edu Deruki disse...

Eu também me encantei por uma garota de capricórnio. Deixa ficar assim, deixa os sentimentos se entenderem.

Edu Deruki disse...

É, ao que parece é problema dessa balança desregulada. Ser Libriano é uma droga mesmo, não há qualidade que nos pague por toda indecisão. hahahah. Mas eu gosto do que sou, acho que não me mudaria.

Ana D disse...

ahahaha...Sabe que sou então uma libriana torta...Dizem que indecisão é o mal ...Eu peco pelo contrário: me ferro porque quando quero uma coisa, tomo a decisão e vou com tudo sem pesar prós e contras, vou pela vontade e ansiedade imediata..rs Deve ser o ascendente...rs

Carol disse...

Olha, esse texto tá digno de um domingo, heim? Vou te contar... rs

Jana disse...

Ai guria "to conhecendo" um capricorniano rsrs será??

Guria, sem planos imediatos pra ir pra CTBA (o que é uma pena, queria tantooo!) talvez ano que vem, e sim poderia pular este mes dos infernos rs

Beijos

Ana D disse...

Jana !!! Até o próximo mexicano a coisa desenrola...kkkk E veja se nas férias bate ponto aqui hen...

Erica Ferro disse...

Nesse caso, só precisa amor.

=*

Fernanda Rodrigues (Fê_Notável) disse...

Nossa!
que texto lindo!!!!

coisas que só o Amor explica!
rsrsrs

Ana D disse...

rsrsrs Ahhh vcs são uns românticos...Adoro isso ! Mas não é caso de amor, é um encantamento e "viagem" ficcional ahaha

Marcelo disse...

Em minhas preces diárias incluo o pedido de que exista na cidade onde moro uma garota a minha procura assim como estou a procura dela.
Quem sabe nos esbarramos em uma fila do açougue me pedindo troco pra 10 ou numas dessas praças lendo livros do mesmo autor...

Beijos menina.

Ana D disse...

Ahhhh Marcelo, o amor de fato está onde menos esperamos..rs
A propósito em que cidade vc mora ? kkkkk ( brincadeira !) rs

Marcelo disse...

Já que é brincadeira é no Paraíso mesmo =]

Luc disse...

(-:

Luc disse...

Não tenho orkut, mas fico feliz que tenha gostado e que esteja divulgando! (-: Muito feliz.

ventania disse...

as cartas escritas de madrugada e nunca entregues..

Ana D disse...

Vamos mandar então rsrs...Eu mando agora ...Todo muso inpsirador merece rsrsrs

Carol Freitas disse...

Como é? Quando eu não comento com o blog, tu tem que rastrear? Ou o contrário? rs
Domingo = aquele diazinho que a gente pensa na sensível beleza da dor. rsrsrs

Beijocas

Anne disse...

Ahhh, q lindo!
(suspiro)
E que não fique só assim...rs.
Bjos menina!

Ana D disse...

Anne :) É ficção e na ficção finais sem finais são legais...rs Beijo !

Tangerina disse...

e quem disse que tem que ter explicação, algum sentido?!


um beijo.