24.5.11



Você Que Povoa O Imaginário Das Pessoas

E depois de tanto tempo, ao escolher uma canção
Ela não sabe porque ouviu dele todas as pequenas frases tão lindas
Compostas das palavras poeticamente escolhidas
A cativava, encantava, consolava
Delicadas frases,
Como frágeis pássaros que pousavam naquilo que costumam chamar alma
Ela ficou por um tempo parada
Olhos parados
Tempo parado
Ouvindo seu coração
Encantamento e identificação
Não saberia dizer em qual exato momento
Se descobriu Nele
Que mistério aquele negócio de
“Ele diz o que eu sinto”
Não sabe em que momento se descobriu quase ELE
De tamanha intensidade que achava que gostava de tudo vindo Dele
Os gestos Dele
Os sonhos Dele
O som que emanava Dele
Dos vinis velhos Dele também gostaria
O tempo que passa
Por toda a vida...
Seguiria, absorveria, sorveria, beberia, comeria
Sim comeria...

( Pra aqueles que amam incondicionalmente um artista. Me foi pedido pra definir tal sentimento. Não foi possível faze-lo, visto que eu não compreendo tudo, mas é real, todo tipo de amor sempre é real pra quem sente...)

3 comentários:

Rejane disse...

Como vc bem disse, impossível definir esse sentimento de amor, (porque é de amor),incondicional que independe de qualquer contato ou convivência física, ele apenas existe.
Vc conseguiu de uma forma poética, traduzir em palavras um pouco desse sentimento que nem requer explicação rsrs.

Obrigada pelo presente!

"num gesto que toca a gente na alma"

Ana D disse...

Vc é sempre tão gentil e delicada ...Que sua admiração permaneça se ela te faz bem e flui leve...rs.

Li disse...

Adorei! Linda definição, mesmo que difícil!
Beijinhos
Li