2.6.13
















Poenóide da Constatação


Em um dia tanta coisa acontece
Uma tarde que cai uma noite que desce
O que já foi não mais é
Nosso tempo pretérito
O futuro incerto 
A tristeza potente
A dor é latente
SER nos comove
Mas viver ainda vale.

13 comentários:

Matt Cordoba disse...

Olá, Ana!

Gostei bastante. Puro sentimento a gente conhece.

Você tem um outro blog, não é mesmo? O qual eu também sigo e gosto!! :)

Patrícia disse...

Ola quanto tempo não passo por aqui, saudades...
Adorei o texto, apesar de tudo viver sempre vale a pena, recomeçar e seguir!

Beijos

Patrícia disse...

Ola quanto tempo não passo por aqui, saudades...
Adorei o texto, apesar de tudo viver sempre vale a pena, recomeçar e seguir!

Beijos

Fernanda Rodrigues disse...

Escreve esse pra mim e me manda por correio?!
Quero por no meu mural u.u

:*

Um beijo,

http://algumasobservacoes.blogspot.com/
http://escritoshumanos.blogspot.com/

By Ana D disse...

Escreve pra sua casa ?? Tipo uma cartinha ?? Explica ...hehehe

By Ana D disse...

Ou correio eletronico fazendo manuscrito e tirando uma foto ??

Fernanda Rodrigues disse...

tipo cartinha! :D

By Ana D disse...

Tipo :)

Natalia Scholze disse...

Olá, ah blog de poesias
Simplesmente adoro!
Também, escrevo poesias, é ótimo.
Estou seguindo ;D
Te convido a me visitar
Beijinhos,
Nati,
http://nataliascholze.blogspot.com.br

Natalia Scholze disse...

Oi *-*
Vim avisar que te marquei em uma tag e em um selinho no meu blog!
Te espero lá,
Beijinhos,
http://nataliascholze.blogspot.com.br/

TwoVoices-OneHead disse...

Obrigada , eu também me desejo promover porque com a promoção também vem opiniões e a partir daí a gente também aprende ... xD
O poder da mente é surpreendente , o caminho para onde nos leva é inacreditável (:

R. Vieira disse...

tens uma escrita muito linda!
Gostei imenso de ter chegado aqui!

Parabéns!!
=)

By Ana D disse...

Obrigada a todos :)