13.10.11



Às vezes somos pouco pra tanto amor

É duro ser um só pra tanto amor
O tempo não basta
A vida que escorre
Dedicamos todo sentimento pra poucos
Quando desejamos muitos
Desejo tão mais urgente que amor
Desejo tão mais incrivelmente dominante
"Se eu estive aqui todos os dias te olhando
E você sequer notou"
Ele disse um dia
Mas o que fazer
Nunca somos tantos pra todos
Dividir dias
Dividir coração
Dividir pensamentos
E tantas lembranças
Não fiz porque quis
Não te deixei de lado por não te querer
"É que é duro ser um só pra tanto amor"
Ele disse um dia
Numa pagina do livro, você, delicadamente amado
No rascunho do caderno, ele, intensamente apaixonado
No meio de tudo o tempo que falta
Os dias que não me chegam
Guardo pra você as palavras que gostaria de dizer
E que talvez nunca, nunca, nuca diga
Amigos, amantes, amores, paixões
E o tempo que não me da tempo de tê-los todos...
Uma vida é pouco para tanto querer
A gente se perde com tarefas, trabalho,
Cotidiano, compromissos
Se não posso te abraçar hoje
Não poderei te beijar amanhã
Ficam tantas coisas pelo caminho
Perdi camas, perdi risos e suspiros
Abri mão de você...
Queria viver tudo, não por luxúria
Mas pelo simples prazer de sentir
Tudo que me fosse permitido.
Uma vida é pouco pra tudo que sinto.