2.6.11



Sim, Você

Eu que sou
Na linha do tempo sempre serei
Eu que sonho
Nas noites de insônia
Você quer ser meu amor eterno ?
As coisas que penso
Vejo em nós
Arquiteto desenhadamente nosso encontro
Perfeito, pleno, silêncio, sorriso, abraço, afeto
Um pacto de simples desejo e amor finalmente encontrado
Finamente combinado, eu e você
Te faço poema, entorto o poeta
Desfaço a lógica das coisas
Te ponho na minha cabeceira
Envolto em moldura de palavras doces
Te beijo leve feito pluma
Sua pele incandescente que me atrai
Cantarolo canções que me contam histórias
Passem os séculos e os rios não se encontrarão
Desaguando forte, revolto naquele mar
E o fluxo do que tem que ser, não mudará
Não mudará ? O que posso fazer pra mudar ?
Sonhar é de mim...Sim,sonho você

4 comentários:

@Francisquices disse...

Você transborda de sentimentos e isso é lindo de ver quando coloca no papel/blog, encanta. Eu gosto.


^^

Gi B.H. disse...

me deu uma saudaade de estar apaixonada...

Ana D disse...

Eu também to com saudade de estar realísticamente apaixonada...ahaha

Thiago disse...

putz!!! Ana, me faz um favorzão então, me coloca como administrador do seu blog também só pra eu pegar o código e depois tu me tira ou eu me retiro =/ kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk