30.11.10



Gotas Psicodélicas De Pouca Sabedoria ?

A coisa que mais tumultua a vida humana é o total descontrole que temos sobre nossas emoções...Não falo descontrole no sentido de passionalidade, mas sim, no sentido de que nos apaixonamos inexplicavelmente ( sem querer ) e às vezes sem possibilidade de reciprocidade, e é ai que tudo f*** !

Tem pessoas que propagam tanto que são a última bolacha do pacote que as outras pessoas passam a acreditar que elas realmente são. Quem muito propaga só conta lorota. Me dá a impressão que a auto-estima é tão baixa que ela precisa dizer"Nossa, como é chato ser gostoso ! E eu nem entendo porque me desejam tanto"

Não podemos nos obrigar a retribuir sentimentos amorosos, mas como naquela célebre frase de Exupery “ você é responsável por aquilo que cativas”. Tenhamos amor fraterno, ao menos, por quem nutre pela gente sentimentos amorosos. Sob o risco de um dia estarmos na situação oposta e sentirmos a indiferença.

Somo como artistas nesta vida: esperamo sempre por aplausos ou vaias. A indiferença é meio frustrante.

A delicadeza humana está em extinção. E demonstrar afeto às vezes assusta as pessoas.

9 comentários:

M. disse...

Ainda bem que assusta essas pessoas. É um bom critério de seleção...

ventania disse...

Acho que no fim das contas o único argumento válido pra refutar a teoria de 'última bolacha do pacote' é: as pessoas não vem em pacotes. a não ser que você tenha muitos irmãos gêmeos(e eles morram antes de você), aí pode ser uma expressão considerável.

Boa noite

Déjà Vu disse...

Obrigado pela visita comente sempre!
Lindo texto!
A delicadez e a ofensa como meio de chamar atençao para alguns!
Beijos

Erica Ferro disse...

O que me consola é que me apaixono sempre pelas pessoas que menos se importam comigo.
Gosto sempre de quem não gosta e nem pretende gostar de mim.
Ainda bem que pelo menos um sentimento fraterno essas outras pessoas alimentam por mim, porque senão morreria de tristeza, hehe...

Tamyres Palma disse...

Mostrar afeto pode assustar como também confundir. O ser humano se desacostumou a simplesmente ser bem tratado, que por vezes confunde tudo.

Então guria, gostei daqui, voltarei mais vezes, e valeu pela visita, tá?

Ariana disse...

Mostrar afeto as vezes se torna perigoso, o risco de se machucar é muito grande, mas é um risco que temos que correr.
E concordo contigo sobre a falta de delicadeza humana!

Belo texto, adorei!

Beijos

D.D. disse...

"O mal do século é a solidão
cada um de nós imerso em sua própria arrogância esperando
por um pouco de afeição..."

Esperando por Mim (Legião Urbana)

Anne disse...

E não é q, em algum ponto da vida, a gente sempre comete o deslize de se apaixonar por quem nao deveria ou nao poderia. O importante é saber o q fazer com isso... e quem tem medo de demonstrações de afeto, deve ter algum problema, isso é fato! rsrsrs

(saindo daqui reflexiva...rs)
Adoro seus textos, lindinha!
Bjo pra ti!

RM disse...

Adoro tdos textos, mas este ta optimo *.*