18.10.10



Porque Às Vezes o “Essencial È Invisível Aos Olhos De Quem Não Sente...”

Às vezes pessoas passam por nós e nem percebem...
Porque o que se passa, se passa aqui dentro da alma, num lugar só nosso...
Naqueles momentos em que nos enxergamos como de fato somos...

Porque era tão essencial pra mim sentir seu coração bater na ponta dos meus dedos...
E era tão inestimável e única essa sintonia que tínhamos...
E era tão surpreendente a forma que passamos a falar de amor quando antes nem falávamos tanto...

Porque éramos mais durões, mais intelectuais e menos bobos...
E de repente, teve uma hora que achamos tão bom sermos bobos...
Em pequenos diálogos e silêncios, se desenrolou um tipo de afeto...
Nem todo mundo vai entender e enxergar a beleza de tal amor..

Porque os que passam podem não perceber
Porque as vezes o “essencial é invisível aos olhos de quem não sente...”

7 comentários:

ventania disse...

a parte difícil é ter a coragem de deixar de ser durona

Janaina disse...

sentir o coração na ponta dos dedos é uma sensação tão poderosa né? adorei, Ana. Muito, muito.

Carol disse...

ai.que.coisa.linda!

Anne disse...

Literalmente! As melhores coisas da vida são aquelas que se passam dentro da alma...
Dificil mesmo é largar de ser durão e intelectual e menos bobo, permitir-se sentir isso tudo, viver isso tudo. Depois que está feito, está feito...rs.

Bjos, menina linda!

so sad disse...

isso acontece sempre, tem gente que simplesmente nao consegue ver.
beijo!

vigiliaonirica disse...

tem que sentir pra saber...

Jana disse...

O guria, li tudo que não tinha lido, achei umas coisas tão melancólicas, e fiquei assim de peito apertado sabe (mas é a fase, o momento) e acho que só quis sentir um coração na pontas dos dedos, e este não queria.

Como você disse num outro texto lá embaixo: Reciprocidade, sem ela não há nada....

Beijos, saudades de vc