28.8.10



Do Que Nunca Foi.

Ele falou à ela o quanto era estranho
Ela achou engraçado e eles riram juntos
Falaram sobre Deus, sobre o tempo, sobre canções e viagens.
Eles perderam o trem porque ficaram até as 4 conversando naquela estação
As 4,10 hs de 10 de abril de 2010 se separaram
6 anos depois ela o viu do outro lado da calçada,
Levava pela mão um menininho moreno de cabelo cacheado
Ela lembrou do que ele disse naquela estação de trem
"Em breve encontrarei o amor da minha vida"
Ficou feliz ao vê-lo
E ao mesmo tempo se deu conta...
Então ela entrou na estação do metro e nunca mais voltou a ter notícias dele.
E sempre sorria ao pensar no que poderia ter sido...

7 comentários:

Dani disse...

HAHAHAHA
NÃO ENTENDÍ TEU COMENT
HAHAHAHAHA
BEIJO

FAXINA

Dani disse...

HAHAHAHA
ESQUECEEE
LÍ O COMENTÁRIO ACIMA
HAHAHAHA
SEJA BEM VINDA POR LÁ
BEIJOO

fAXINA

Carol disse...

nostálgico, bonito... =}

Hosana Lemos disse...

putz, já se arrepiou dos pés a cabeça ao ler algo tão simples e tal real?!

lindo, sem mais.
me fez lembrar de tanta coisa.

um beijo

Wallacy disse...

Por isso que eu não tenho pudor em arriscar. Prefiro sorrir ao lembrar daquilo que aconteceu.

vigiliaonirica disse...

é... C'est la vie...

Phalador disse...

Gostos de fragmentos.