7.9.07


(Pergunta: Desse Jeito Dá Pra Ser Feliz Todos Os Dias ? )

Sou simples e complicada,
Amorosa e direta

Às vezes acho que nasci no lugar errado
No tempo errado
Na vida de outra pessoa
Às vezes acho que não pertenço a este lugar

Acho que penso demais
Sorrio demais
Choro demais

Sempre prevejo o futuro
Sofro por antecedência
E acho por "bem" adivinhar pensamentos alheios
Tenho mil informações em minha cabeça
Tenho boa memória
Mas muitas vezes estas informações não valem nada
Às vezes gostava de ser mais simples
Contentar-me com pouco

Acho que sei muito
Mas ao fim não sei nada
Tudo que sei não me ajuda a ter soluções

Não sei fingir simpatia
Ser agradável a quem não gosto
Dizer coisas que não sinto

Amo,
Mas não sei se amo certo
Porque dizem que existe um modo certo de amar. Será ?
Todos os dias acordo
E todos os dias acho que recomeço a viver...

Todos os dias...


(Resposta: 100 Dias Sim, 100 Dias Não, Nos Outros 100, Vou Tentando. )

25 comentários:

K disse...

Idem garota.Poxa sinto o mesmo...acho que a gente nunca tem certeza de que está fazendo tudo como deveria,mas acredito em ser fiel ao que somos.Eu não consigo fugir disso!

Solin disse...

Poxa Ana D. Fiquei meio sem palavras...
Na verdade, tenho milhares de coisas pra dizer rs, mas acho que só uma frase resume tudo: me identifiquei por completo com tudo. =)
Com vc.
Lindo demais viu!

bjo ;)

Márcia(clarinha) disse...

100 saber responder às questões colocadas, posso afirmar com 100% de certeza que as duvidas existenciais vão ser companheiras para sempre,ninguém vive 100 elas pois nos motivam a buscar respostas.Sobre formas de amar, 100 essa...não existem fórmulas, apenas se ama...
lindos dias Aninha querida
beijos

Diego Melo disse...

você sabe minha opinião sobre 'existir uma forma certa de...' amar ou qualquer outra coisa. Gosto de acreditar que as pessoas tem seus próprios modos de lidar com as emoções.
gostei do texto e acho que não dá pra ser feliz todos os dias (ainda bem).

"Mas existe uma coisa importante na liberdade: a opção. Ser livre pra optar." Ana D.

Você comentou isso no meu último post e eu tenho a dizer o seguinte.. O sartre mesmo já falava que todos nós estamos condenados a liberdade, pode-se escolher SER um indivíduo autêntico, ou cair no que ele chama de má-fé, que é um conceito existencialista que eu gosto muito. Ambas as escolhas são resultados da liberdade. interessante isso.

Legal a gente ter pensado a mesma coisa sobre o post da taísa 'corra, lola, corra' haha, gostei.

Lilica disse...

Parabéns pelo texto. Acho q todo mundo se identifica com ele. E a gente vai tentando...rs

Anne disse...

Bom, eu sempre me identifico com as coisas que vc escreve...dessa vez não foi em nada diferente!
Não acho q existe um modo certo de amar...cada um tem o seu! Eu busco sempre amar de uma forma "melhor" do que a de antes, mudando coisas como o ciume, possessividade, egoísmo e outras "pragas" que atrapalham, mas jeito certo não creio que haja.
Ultimamente me concentro em viver um dia de cada vez, pq ainda estou mto confusa... como vc disse no meu blog, escrever faz bem, me ajuda a colocar pra fora a dor da saudade.
Bjos, Aninha!!!!

Taísa disse...

Acho que sei muito/
Mas ao fim não sei nada/
Tudo que sei não me ajuda a ter soluções

Identifiquei-me muito com essa parte. Mesmo.

Escreves bem.

Jana disse...

"Sofro por antecedência
E acho por "bem" adivinhar pensamentos alheios
Tenho mil informações em minha cabeça"


Ai ai ai, tão eu!

Beijos!

Cin disse...

São essas caracteristicas tão nossas que nos fazem especiais como pessoas.
Bjos flor!

Jana disse...

explicando: por exemplo, vc vai no google e procura algo muito profundo como "pintar virilha" e nem sei porque aparece meu blog!!

É isso!

Beijos

Claudia Blue disse...

cada um descobre uma forma propria de viver e de amar.. o modo certo é aquele que a gente se sente bem pq na minha cabeça o amor não combina com sofrer... beijo blue

http://conversadelevador.blogspot.com
http://nabolsadamulher.blogspot.com
http://adcorpuss.blogspot.com

Ricardo disse...

bom vc é bem complicada, acho q vc q se complica, mas a vida é complicada tb então vc ta na vida certa, as vezes olho no espelho e fico pensando q eu não sou eu, sei la, cada loucura q penso, tb tenho uma otima memoria, e ela me ajuda basicamente a lembrar meus erros, mas aí tento fazer dela uma memoria seletiva, mas aí na seleção eu lembro cada vez mais , e sei la oq acontece, acho q nao existe um modo certo de amar, vc ama amando ( nossa que profundo e inutil isso ) mas eu acho q é isso, vc é indecisa? eu sou a indecisão em pessoa... mas acho q o melhor é isso q vc falou...recomeçar a viver a cada dia, afinal seria patetico se todos os dias fossem iguais...beijosssssss

http://conversadelevador.blogspot.com
http://vidacretina.zip.net
http://adcorpuss.blogspot.com

Carol Freitas disse...

Acredito demais que cada um tem uma forma de amar. Demais, demais.

beijo em tu!

clara disse...

gente, mas tem tanto "eu" por aki, espalhado nesse texto...

Tanto que quero levar lá pro meu rascunho, tu deixa? Pufavô... rs

bjs pra ti!

Ana D disse...

Clara ! Vc empolgou ou quer levar mesmo ????kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...Sinta-se à vontade menina ! O que é meu, é seu, LITeRALMENTE, já q tem tanto "vc" no texto rsrs....beijo !

Mila disse...

Oiii..sou nova no blog...
vi o seu no de uma amiga...adorei os poemas..
vc escreve muito bem..
eu tb escrevo ^^

te add no meu blog..

bjinhuss

Ana D disse...

Bem vinda ao novo mundo, Mila ! rsrsrs...Obrigada pela visita ;)

Márcia(clarinha) disse...

Aninha querida, tenha medo não, mesmo que o outro não seja seu horizonte o sofrer é tão grande como se ele fosse[quando um dia se perderem de vista], sabe o que realmente faz bem? se entregar ao amor, paixão, desejo e viver...simples né?
Evitar sofrimento? ainda não existe antídoto.
E viver, eu bem sei que vc sabe, rsss
dia lindo querida
beijos

Menina Lunar disse...

Isso mesmo, o importante é ir tentando.

;]

Excelente o texto.
Beijo!!

clara disse...

ah que ótemo! Pensei que fosse a única a acreditar nessa besteira!

Brigadim, estou copiando tá?

bjs mtos

Ordisi Raluz disse...

Fingir que não sabe, sabendo, é pecado, sabia? rs

Beijos pecaminosos.

BABI SOLER disse...

Acho que você não está sozinha nessas sensações,rs
Beijo!

DO disse...

Não creio muito que haja um modo certo de amar,ANA. Mas se houver,preciso aprender rapidamente,heheheh
To cansado de sofrer!!

:(

SE bem que,dizem,o maior amor que devemos ter,é por nos mesmos...

Beijos!!

Carol disse...

adorei o blog e o texto.
Gostaria também de me contentar com pouco...


beijos

Anônimo disse...

hj eh um dia difícil... estou fazendo uma limpa nas prateleiras da minha vida... estou jogando fora um amor com prazo de validade vencido! e em meio as lágrima resolvi ler seu blog... e seu texto (com o qual me identifiquei mto) me fez refletir: será q sou eu ou ele o problema? será q amei d+, de menos, de forma errada... não sei... mas me deu uma sensação de paz e de conforto ao ler e ver q tenho outro dia pra tentar, e quem sabe encontrar um novo amor!