18.9.07


A Metáfora Do Dia Em Que Só Lembrei Da Dor.
(Um PS referente ao Post anterior)

Para as pessoas interessantes que passam pelo Céu Azul, vou desvendar uma pergunta, já que percebo muitas vezes identificação e solidariedade com meu estado de espírito e até mesmo reprovação quanto às situações aqui descritas

"É você retratada nos escritos ? "

NÃO, nenhum dos posts é autobiográfico, ao "pé-da-letra". Escrevo em algumas ocasiões na primeira pessoa porque é uma forma interessante e íntima. Passa uma verdade ou pelo menos levanta dúvidas quanto a realidade ou não dos fatos, como pude perceber....E no fim eu até gosto de provocar essa incerteza em quem lê... (me perdoem, eu gosto rsrs).

Os escritos decorrem de observações, vivências de outros, misturadas com alguma imaginação e que são transformadas em uns textinhos que eu aqui posto, por puro prazer em receber comentários, críticas e trocas.

É óbvio que isso não quer dizer que eu mesma algumas vezes não sinta uma diversidade de sentimentos.

SIM, posso ter sido dominada por uma dor em algum tempo de minha vida, sem que isto me faça uma pessoa fraca. Não se deve pré-julgar pessoas, não se deve esteriotipar jamais.

Momentos de drama mexicano são momentos de drama mexicano e isto não invalida a força de um caráter. Todos nós podemos ter estes momentos, ou não ?

Porque, atire a primeira pedra quem nunca perdeu o rumo, momentaneamente, por uma frustração. Quem nunca absurdamente achou que não valia a pena mais amar. Quem nunca se sentiu oprimido por uma opinião do chefe . Quem nunca correu chorando atrás de um sentimento . Quem nunca comprou uma rosa vermelha pra dar de presente e percebeu que foi em vão. Quem nunca depositou no outro toda a sua percepção de felicidade. Quem nunca construiu histórias e percebeu que estava sozinho e ficou sentado na beira do mar . Quem nunca escutou Chico Buarque e se identificou com a canção . Isto te faz um tolo ? Um fraco ? Um dependente ? Acredito apenas que é humano.

METAFORICAMENTE podemos dizer que EM UM DETERMINADO dia de nossa vida nada mais fez sentido a não ser uma sensação suficientemente forte pra embassar tudo que não fosse A DOR , porque a memória DA DOR se fez mais presente naquele instante.

É humano também renascer das cinzas, aproveitar a força do Tempo pra voltar à tona, sacudir a poeira e dar a volta por cima...

Enfim, não sou eu, literalmente nos posts, mas também sou Eu, Você, a Márcia, a Bárbara, o Ricardo, o João, O Thiago, o Domício, o Fernando, a Laura, a Maria, o João e quem mais quiser se confessar ....

Somos nós todos , mesclados na coisa mais presente neste velho Mundo, o sentido maior da humanidade :

Ser um Universo de sentimentos em uma só Criatura.

Assim somos nós.

E não tenhamos vergonha de nossas "fraquezas”, “amnésias”, “poços”, “descontroles”, "inseguranças" porque no fim Algo nos religa ao Universo e nos traz a Força e a gente segue sempre tentando ser "fortes", "auto-suficientes", "perfeitos", "independentes", "supremos"...

Mesmo os ateus possuem Fé em sim mesmo.

13 comentários:

Thiago Lira disse...

Volte sim por favor.
Meu passado é um livro aberto.

Jana disse...

É assim querida, a gente vai escrevendo de tudo, de todos, pq estamos cercadas, e ai vai saindo...

Difil realmente querer situar no tempo e no espaço!

Flor, quanto ao seu comentário, tu não errou de todo kkkkkkkkkkkkk

Beijos

Morena Flor disse...

buáááááá.

sou eu sim, sou eu sim.
hahahaha

vou nem mentir que sou eu em muitos casos aqui. e que eu sou bem assim, uma fênix. que morre todo dia por um misto de sentimentos, e nasce no outro, morrendo de felicidade.

vai entender, né?
beijo, queridíssima.

DO disse...

Falou tudo,ANA: não devemos ter vergonha de absolutamente nada.
Grande beijo!!

Carol O. disse...

É isso vivemos de folia e caos,mas que sem graça se não fosse assim.
Tem vezes que o lado negro domina é verdade,mas a grande sacada é saber levar adiante e aprender alguma coisa com tudo o que nos acontece.
Também acho que isso nos faz humanos e coloca nos todos no mesmo barco.

Anne disse...

Na verdade nem fico me perguntando mto se as pessoas que escrevem estão vivendo aquilo ou não. Procuro comentar de modo geral e coloco um pouco de mim nos comentários, pq realmente, todos passamos por situações semelhantes ao longo da vida, pelo menos em termos de sentimentos.
Adoro seu blog, por isso mesmo tem um mimo pra vc lá no meu! Passa lá e pega quando quiser, ok?
Bjos com todo carinho!

clara disse...

kakaka

Confesso que tb gosto de deixar as pessoas sem saber o que pensar. Mas manda a verdade que se diga, meus textos são meio truncados as vezes por outro motivo: incompetência, pura e simples hohoho

bjs pra ti

Magui disse...

Eu acho que vc escreve e o leitor interpreta como recebe.Nos meus textos, propositalmente, deixo furos, brechas para a pessoa comentar.Se ficar tudo muito certinho não há nada para o comentar a não ser concordar.E o debate é mais interessante.

Bárbara P. disse...

Uau. Que beleza de texto!

Algumas vezes nos colocamos inteiras em nossas palavras, mas ninguém desconfia. Em outras, todos nos aconselham, mas não estamos lá. Isso acontece comigo...

Diego Melo disse...

Ainda bem que você não recebe sempre críticas negativas aos seus posts, Ana. Porque parece que a minha reprovação teve um efeito 'tempestade em copo d'água'.

Nem todos aqui - acredito eu - acompanham o teu blog diariamente, então não é necessário que todos saibam as suas intenções por trás de cada post, se é biográfio ou não e blablabla, e se isso te incomoda (as perguntas frequentes) então outros posts 'só pra esclarecer' virão muito mais vezes.

"Porque, atire a primeira pedra quem nunca..." Sim, sim. Todos nós já passamos por isso e acho eu que passaremos mais 127983179381793 de vezes, o que varia é o modo de como se lida com esses sentimentos e o que se pensa sobre eles. Nem todos pensam IGUAL sobre isso, Ana, mas todos PASSAM POR ESSAS situações, é evidente :)

"Mesmo os ateus possuem Fé em sim mesmo."

Eu acho que você está bem por fora do que é o ateismo, suas correntes de pensamento, influências filosóficas etc etc.
E eu não vou me dar o trabalho de destruir o argumento inocente "todos os ateus tem fé em si mesmo".

Te acho muito inteligente, escreve bem na maioria das vezes, mas tem certas coisas que se tem que ter um pouco mais de 'teoria' pra falar. E eu não vim no outro post Mal-Julgar a sua religiosidade ou sua crença seja lá em que Deus for :) Eu estava apenas respondendo o seu comentário no meu post "Se você abrir uma igreja....." :)

abração, e continue escrevendo e se explicando menos, se poupe de stress, não faz bem. Nem o bom Jesus conseguiu agradar a todos.

Mila disse...

Ai linda..eeu sei com eh viu..eu escrevo tb...adoro por sinal...mas nem sempre o que escrevemos é bem interpretado pelos outros...a escrita eh igual a arte...nem todos os artistas são compreendidos..e nem todos tem seus trabalhos..reconhecidos..mas sempre vai ter que goste..e ke admire a arte..
escrever é pra poucos...e vc tem um super dom =D...
ave acho ke escrevi um monte de coisa nada a ver com seu post KKKKKKKKKKKKKKKKKKK


bjus linda

Cin disse...

Só te peço uma coisa: nunca pare de escrever.
Bjos!

Solin disse...

rs
eu já gostava de ler antes de saber desse PS.
Minha filha, vou confessar... queria ter descoberto teu blog a mais tempo. Pense como vc escreve bem!
Mais informação pra mim
\o

bjOO