17.10.08



Orgulho

Diz você primeiro...
Sentir que algo ficou por finalizar...não se perceber como terminou, nem como terminou, apenas que ficou assim...mal resolvido.

Não se dialogar, apenas deixar andar, deixar passar o tempo sem que se faça qualquer coisa que possa mudar o que temos. Deixar que os dias apague...

Não dizer o que queremos, nem o que sentimos e esperar que do outro lado se expressem emoções. E quando vemos que nada é dito, não tomamos a iniciativa, nos deixamos ficar quietos, sempre á espera que a outra parte dê o primeiro passo, o que nunca acontece porque pensa exatamente como nós.

E assim deixar morrer aquilo que nem sequer chegou a começar, talvez perder um amor seguro, talvez perder a pessoa que nos completava, talvez perder alguém precioso.

Mas sempre com o orgulho de que não fomos nós a nos rebaixar, que não nos mostramos vulneráveis a ninguém, que nunca poderemos ser gozados por demonstrarmos amor por alguém.

O orgulho sempre presente como que um troféu de algo que pensamos ganhar. Mas o que nós ganhamos ? Sim, o que ganhamos?

13 comentários:

Thiago disse...

É as vezes a gente leva tanta porrada da vida que acaba ficando "orgulhoso"... entende?!?

Beijões, se cuida...

Márcia(clarinha) disse...

Ganhamos uma baita saudade do ser amado, ganhamos uma solidão danada, ganhamos um troféu abacaxi pela burrice do tal de orgulho...

lindo dia queridAninha
beijos

ANDREA MENTOR disse...

Nem me fale Ana, nem me fale!!!

Clara disse...

♪ Criamos o certo e o errado e o orgulho pra nos esconder do que prevalece em nós... ♪

tsc...

Cris disse...

Orgulho,sim... mas nesse caso (pelo menos no meu caso) está bem ligado à covardia.
Coragem a e humildade a todos nós.
Abraços.

babih disse...

"Não dizer o que queremos, nem o que sentimos e esperar que do outro lado se expressem emoções. E quando vemos que nada é dito, não tomamos a iniciativa, nos deixamos ficar quietos, sempre á espera que a outra parte dê o primeiro passo, o que nunca acontece porque pensa exatamente como nós."


caramba essa parte define a humaninde, tão orgulhosos, que acabam deixando conflitos importantes de lado, e sem solução
muito legal o uso de palavras do texto
e bem o texto também está perfeito

ah eu te adicionei a minha lista de blogs preferidos. amei aqui !

Beijos !


www.voandoporai.wordpress.com

Ordisi Raluz disse...

Que nada, sou mais vulnerável que recém-nascido, rs...

Beijos bem resolvidos.

Ingrith disse...

Ah toda vez que eu me abaixei eu me fudi... então viva meu orgulho!

Jana disse...

Confesso que sou orgulhosa, mas trabalho isso, chega a ser dolorido, mas eu tento ir lá e dar a primeira palavra, as vezes funciona, as vezes não, ai volto alguns passos no processo de uma pessoa menos orgulhosa...

Mas quando se nasce com esse bicho, ahhh demora pra se livrar dele.

beijos

Ana disse...

Lembrou aquela música da Carol.
'mas é que se eu ganhar, aí... é só eu quem ganho'

Muito bom, aliás. Muito ruim.
Mas é algo que ainda não consegui me libertar.
O máximo que consigo é dar uns dribles.

Beijão Ana.

DO disse...

Pergunta que não se cala,Ana...

Beijos!

Patrícia disse...

Lindo texto...
Sou uma pessoa muito orgulhosa, mas as vezes sempre que isso não é so orgulho não... deve ter uma boa contribuição de falta de coragem!
Beijos

Line disse...

não ganhamos.
perdemos.
muita coisa...