22.9.08



Tristeza É Quase Como Morrer Ao Sol...

Sentada lá no último banco do ônibus, à noite volto pra casa olhando a estrada iluminada que vai ficando pra trás. São caminhos de altos e baixos, sinuosos, iluminados por luzes amarelas.

Hoje eu voltei ouvindo Cranberries no meu MP e com pensamentos tão díspares quanto bizarros. Pensei no pequeno pássaro morto na beira do caminho, que vi pela manhã, enquanto caminhava pela calçada do meu condomínio. Aquela imagem estragou meu dia. Eu sou assim.

Ouvindo Cramberries e tanta coisa na mente. Aquela altura eu já devia tá fazendo caretas imperceptíveis, entortanto o pescoço, abanando a cabeça. Thiago tem a mania de dizer que eu enquanto penso com os meus botões sempre deixo transparecer algum gesto, faço umas caras e bocas...Ele diz isso...Não acho que seja assim...Enfim...

O pássaro miúdo, sem vida, na beira do caminho me fez pensar na criança desgrenhada, pequena, muito pequena, vestida com uma camiseta furada, os cabelos sujos, os olhos grandes que em uma outra semana qualquer estendeu a mão pra mim pedindo moedas....Isto também estraga meu dia....De novo pensei no que Thiago costuma dizer " não tenho pena, pra mim estes pivetinhos qualquer dia vão ta matando alguém pra comprar crak"...Não sou assim...Eu tenho dó...Não sei o que posso fazer com este meu sentimento, mas ao menos eu tenho ainda um coração e coisas deste tipo ainda me chocam...Enfim...

O pássaro miúdo morto à pedradas na beira da calçada, a criança de mão suja estendida pedindo esmolas, Cranberries cantando uma música triste - "like dying in the sun, like dying in the sun" - é muito mais do que eu posso suportar...

Tem dias que, nem sei...

15 comentários:

Su disse...

Tem dias que todos nós estamos assim... meio que "sei lá"...

Bjosss!!

LENA disse...

Tens um blog apreciável. Com ótimas postagens e bom gosto. Fpo um prazer ter sua presença lá no portal!

Ludmila Prado disse...

tem dias mesmo que... nem sei.
essas coisas me tocam, fico chocada e me sinto inutil em frente a tudo isso.

detesto ver animais mortos e pessoas como animais.

onde vamos parar?

beijos

Jana disse...

eu sou como vc, tenho pena, me estraga o dia...

beijo

Marcus Vinicius disse...

lindo texto!!!


PS: Quanto ao ensaio sobre a cegueira?? terminei o livro e já ví o filme!!! rsrs Veredicto??? Muito bom!

Márcia(clarinha) disse...

AFF! Que dia triste...
O pobre passarinho tinha que estar no meio do seu caminho, puxa!!
Dia de sei lá como...um óh!

Vai passar Anninhamadinha, vai passar ;)

lindos [outros] dias
beijos

Ingrith disse...

Hoje é meu dia meio sei lá...

Clara disse...

enton moça, descobri essa semana que nossa tristeza (e impotência) diante do feio da vida tem nome:

"weltschmerz" - a tristeza do mundo, em alemão. Que, é claro, não sei pronunciar, mas de toda forma se até alemães sentem, é pq a coisa é universal merrrrrrrrrrmo!

bjs meus

DO disse...

Gostei do post,da forma como vc mostrou a tristeza. Tem horas que estas cenas mexem mesmo com a gente.
Beijos!!

Estava Perdida no Mar disse...

A gente se dói pelas dores do mundo. Pela dor de saber que poderia ser conosco, pela dor de saber que não podemos fazer quase nada para ajudar, e pela dor de saber que quem poderia realmente fazer algo para mudar o pássaro morto e a criança pedinte não faz.
Eu tb tenho dó, e me pego muitas vezes virando o rosto para não ver, justamente para tentar preservar um pouco do meu dia.

Beijos
Voltou com a corda toda. Q bom. Saudades.

Janaina Staciarini disse...

E mesmo assim, vai-se vivendo...

Thiago disse...

Cramberries aos ouvidos sempre deixa a gente ou querendo mudar o mundo ou nos isolando de vez...é triste a realidade.

ANDREA MENTOR disse...

Ana, tb tenho dias assim. Muitos dias. Passo mal com crianças de rua, adultos de rua, velhinhos de rua... Passo muito mal com tantas coisas. Até com gente ruim. Ainda prefiro acreditar que pessoas boas fazem coisas ruins... Tb morro de dó, de pena, me sinto culpada, quase choro... Vai entender. Ah, tb gosto muito de Cramberries... Beijo grande

Thi disse...

Faz caras e bocas e gestos sim... hehe... ou então como eu saberi sempre que você está pensando em algo?!?!?

Bjão

Mônica disse...

e apesar da tristeza eu ri imaginando vc fazendo caras e bocas enquanto pensa com os botões..e se o Thi diz que vc faz, eu acredito ( kkkkk... tia mococa defendendo sobrinho.....)